domingo, 10 de março de 2013

A educação é feita com e pelo diálogo

Prof. Ricardo Valim

Não será com lousa digital, tablet e outras parafernálias tecnológicas que mudaremos a sala de aula como espaço de aprendizagem e partilha de conhecimentos e informações. Só iremos resolver problemas, encontrar espaços de convívio, aprender a investigar e propor ações, com e pelo diálogo (de preferência diálogo filosófico). A Filosofia desde a Educação Infantil é um caminho seguro para essa finalidade

Constantemente conversamos com outras pessoas, lemos e vemos por aí sobre a nossa realidade e como um simples diálogo poderia resolver muita coisa. Em nossa sociedade apesar dos esforços de ambos os lados ainda falta diálogo entre pais e filhos, governos e cidadãos, entre religiões e religiões. Como se pode notar o diálogo é base para muita coisa.
Mas como fazer tudo isso se a nossa educação contemporânea ou pelo menos sua metodologia, não está apta para tal feito? Se quisermos uma sociedade futura mais diversificada em pensamento e com grande capacidade de diálogo e criticamente esclarecida, teremos de começar a trabalhar estas situações ainda hoje em sala de aula.
No seio familiar aprendemos alguns princípios básicos para viver e se organizar socialmente. Porém, é em um contato social mais amplo – que é a escola – que se aprenderão novos valores e que serão aperfeiçoados os adquiridos apriori em casa.
E é justamente por isso mesmo que “Pensar a Educação é Pensar no Futuro”. O que queremos para o nosso futuro? O que esperamos d’ele? São perguntas que devem perturbar o espírito de um bom educador comprometido com a realidade.
A educação deve estar, e esta deve ser sua essência, voltada para a evolução de uma realidade que hoje não nos agrada.
A educação é o caminho mais seguro para a edificação de um novo mundo mais humano e solidário. A educação deve estar para além do comércio e das intenções de partidos políticos, ela deve ser a bandeira de esperança levantada ante os erros que agora são cometidos para que não se repitam em um futuro bem próximo. Se estivermos realmente fartos de tanta violência e corrupção, o que poderemos fazer então dentro de um plano educacional para reverter tal quadro? É isso que devemos pensar! Portanto, “Pensar a Educação é Pensar no Futuro e Pensar no Futuro é Pensar na Educação Hoje”.


Ricardo Valim – Bacharel em Filosofia, Pós Graduado em Metodologia do
Ensino de Filosofia e Sociologia.

Nenhum comentário:

domingo, 10 de março de 2013

A educação é feita com e pelo diálogo

Prof. Ricardo Valim

Não será com lousa digital, tablet e outras parafernálias tecnológicas que mudaremos a sala de aula como espaço de aprendizagem e partilha de conhecimentos e informações. Só iremos resolver problemas, encontrar espaços de convívio, aprender a investigar e propor ações, com e pelo diálogo (de preferência diálogo filosófico). A Filosofia desde a Educação Infantil é um caminho seguro para essa finalidade

Constantemente conversamos com outras pessoas, lemos e vemos por aí sobre a nossa realidade e como um simples diálogo poderia resolver muita coisa. Em nossa sociedade apesar dos esforços de ambos os lados ainda falta diálogo entre pais e filhos, governos e cidadãos, entre religiões e religiões. Como se pode notar o diálogo é base para muita coisa.
Mas como fazer tudo isso se a nossa educação contemporânea ou pelo menos sua metodologia, não está apta para tal feito? Se quisermos uma sociedade futura mais diversificada em pensamento e com grande capacidade de diálogo e criticamente esclarecida, teremos de começar a trabalhar estas situações ainda hoje em sala de aula.
No seio familiar aprendemos alguns princípios básicos para viver e se organizar socialmente. Porém, é em um contato social mais amplo – que é a escola – que se aprenderão novos valores e que serão aperfeiçoados os adquiridos apriori em casa.
E é justamente por isso mesmo que “Pensar a Educação é Pensar no Futuro”. O que queremos para o nosso futuro? O que esperamos d’ele? São perguntas que devem perturbar o espírito de um bom educador comprometido com a realidade.
A educação deve estar, e esta deve ser sua essência, voltada para a evolução de uma realidade que hoje não nos agrada.
A educação é o caminho mais seguro para a edificação de um novo mundo mais humano e solidário. A educação deve estar para além do comércio e das intenções de partidos políticos, ela deve ser a bandeira de esperança levantada ante os erros que agora são cometidos para que não se repitam em um futuro bem próximo. Se estivermos realmente fartos de tanta violência e corrupção, o que poderemos fazer então dentro de um plano educacional para reverter tal quadro? É isso que devemos pensar! Portanto, “Pensar a Educação é Pensar no Futuro e Pensar no Futuro é Pensar na Educação Hoje”.


Ricardo Valim – Bacharel em Filosofia, Pós Graduado em Metodologia do
Ensino de Filosofia e Sociologia.

Nenhum comentário:

Atividade no Facebook

Mais vistas: