sábado, 26 de março de 2011

Outra versão artística de Diógenes, o cínico.


Uma figura excêntrica e desprendida de qualquer atavios que impeçam a verdade entrar e mostrar sua luz. Diógenes no seu barrio, uma cena para chocar o passantes e levá-los a pensar que é possível viver com um mínimo necessário, fugindo das falsas necessidades e do supérfluo.

Nenhum comentário:

sábado, 26 de março de 2011

Outra versão artística de Diógenes, o cínico.


Uma figura excêntrica e desprendida de qualquer atavios que impeçam a verdade entrar e mostrar sua luz. Diógenes no seu barrio, uma cena para chocar o passantes e levá-los a pensar que é possível viver com um mínimo necessário, fugindo das falsas necessidades e do supérfluo.

Nenhum comentário:

Atividade no Facebook

Mais vistas: